Business Analytics: extraindo insights poderosos para se destacar no mercado

Business Analytics: imagem mostra pessoas fazendo análises de dados através de gráficos em telas de computadores.

Compartilhe

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Business Analytics é um fruto evolutivo da poderosa Data Science aplicada aos negócios, assim como outras importantes práticas analíticas para gerar valor corporativo aos dados.

Cada vez mais a iniciativa privada se convence de que os dados são ativos valiosos. Eles podem subsidiar a gestão com informações relevantes para a construção de estratégias comerciais.

Os dados corporativos são bases para insights, em favor das organizações que buscam se adequar e inovar. Quando bem estruturados e tratados, eles elevam o patamar operacional de qualquer companhia ao posicionar o Business Analytics no mindset da cultura organizacional.

O que é Business Analytics?

A Análise de Negócios (ou, em inglês, Business Analytics) é a prática de analisar e avaliar todos os dados que sua empresa dispõe. Essa atividade engloba tanto as informações externas de clientes como internas.

Muito além de apenas oferecer informações sobre ações, a análise de negócio fornece as causas e a previsibilidade dos acontecimentos. Tecnologias Business Analytics avançadas sugerem quais etapas seguir, a partir do comportamento dos dados.

Diversos relatórios gerenciais surgem com a aplicação de BA e envolvem compostos por noções quantitativas e qualitativas de análises profundas para assegurar as tomadas de decisão. Há 3 características que envolvem a prática de Business Analytics:

  • agilidade operacional;
  • entrega de resultados práticos;
  • otimização de estratégias corporativas.

Qual a diferença entre Business Analytics e Business Intelligence?

Em resumo, Business Analytics é uma atividade avançada e profunda baseada nos dados para compor ações diferentes. Por sua vez, BI (Business Intelligence) se trata das ferramentas para estruturar Data Analytics ou sistemas de métricas.

Com profunda abrangência, a Business Intelligence inclui recursos estatísticos para o aprofundamento analítico. BA visa a busca  de insights para desenvolver ou cumprir estratégias.

Um tem relação direta com o outro, pois a BA representa a evolução de BI. Ambos usam a informação como ferramenta essencial, porém com abordagens diferentes para trabalhar conforme as necessidades corporativas.

Por que as empresas devem investir em Business Analytics?

A BA tem total foco em objetivos, resultados e captação de respostas para perguntas específicas, fornecendo informações  para resultados imediatos. Assim como reduzir erros ou falhas, diminuir a duplicação de tarefas, avaliar concorrentes e processos internos são outras possibilidades. 

No universo da ciência de dados, Data Analytics é um movimento principal ao nível executivo. Veja as 6 razões que justificam essa operação:

1 — Redução de custos operacionais

A diminuição de gastos proporcionada pelo Business Analytics abrange todas as áreas. Principalmente por gerar ganhos de tempo, modernização de processos com estratégias de dados, entendimento de cenários e deliberações seguras.

Reduzir dispêndios é possível com ações administrativas baseadas na interpretação dos dados, mesmo ao considerar a área de compras com tecnologia

No segmento das frotas existem softwares rastreadores que fornecem dados para gestores analisarem as despesas de gasolina, os tempos ociosos, a localização de veículos em tempo real, dados de manutenção, entre outros pontos que ajudam na economia operacional.

Para a construção civil, há diversas plataformas 3D. Elas recebem os dados inseridos por engenheiros e geram opções de modelos de infraestrutura para as obras, reduzindo desperdícios.

2 — Melhor compreensão de clientes

A análise das informações de clientes evolui a inteligência de mercado e a capacidade de atender os consumidores. É possível adaptar serviços ou produtos, visto que a Data Analytics ajuda a empresa a entender as complexidades das demandas.

Com a BA, a logística potencializa o atendimento ao flexibilizar os horários de entregas e automatizar tarefas organizacionais, conforme a exigência de compradores.

Em construções, consumidores podem explicar os detalhes que buscam no projeto. Isso utilizando programas para facilitar a comunicação com a engenharia, reduzindo os erros.

Algumas possibilidades com BA que melhoram a eficiência no atendimento:

  • comando total de aparelhos, máquinas e outros veículos;
  • coleta de dados para otimizar marketing e relacionamento para a fidelização;
  • identificar padrões específicos no perfil de consumidores para satisfazer demandas personalizadas;
  • Inteligência Artificial, Machine Learning, Deep Learning, Big Data e IOT para cruzar dados e alinhar os desejos de fregueses com as soluções empresariais;
  • previsões realistas de cada projeto e operação;
  • sistemas inteligentes que interpretam dados produtivos e geram insights.

3 — Otimização de projetos

Tipos de obras, locais de entregas, uso ou compra de materiais e previsão de cronograma. São diversas as formas de como Business Analytics otimiza os planos. Ao cruzar os dados de máquinas e mercados em sistemas inteligentes, o analista recolhe previsões. Essa é uma maneira de se preparar para trabalhar otimizando recursos e entregando no prazo correto.

Com BA é possível ter previsões de:

  • melhores rotas para envios rápidos e seguros;
  • projetos da empresa ou de concorrentes;
  • qualidade das finalizações e funcionalidades de todas as obras ou todos os serviços de frete;
  • perfil dos contratantes de uma região.

4 — Aprimoramento no transporte de mercadorias

Para movimentar bens sensíveis, a logística estabelece uma rede efetiva com ferramentas BA. Os dados de programas para Business Analytics demonstram se motoristas aceleram acima dos limites permitidos, por exemplo. 

Com esse controle, o gestor envia um alerta automatizado ao condutor, solicitando a redução do velocímetro para evitar multas ou danos no frete.

Ao aplicar um sensor de temperatura com Inteligência Artificial nos veículos, a tecnologia determina as condições ideais de acondicionamento, automaticamente. A BA simboliza uma significativa otimização da eficiência operacional com IA.

5 — Atualização administrativa do armazém

Para processos que envolvem transporte, armazenamento e carga a Business Analytics apresenta métodos inovadores. Isso garante que uma instituição entregue rápido e reduza custos constantemente.

Por exemplo, um gestor de frotas ou engenheiro abre o aplicativo integrado ao armazém para saber quais itens estão disponíveis, prazos de validade e outros dados que fazem a diferença para uma rápida gestão conectada.

6 — Efetivação de insights da data analytics

Oportunidades de melhorias são reveladas por insights e análises avançadas. Essa tarefa é facilitada devido à grande rede para armazenar, processar, automatizar análises e interpretar todas as informações business, no único ambiente digital.

O gestor utiliza os dados com segurança, tendo em vista a confiabilidade das informações geradas conforme os verdadeiros acontecimentos operacionais. Todo o histórico de uma marca é analisado por data analytics.

Quais os principais tipos de Business Analytics?

A Business Analytics faz a entidade ter perspectivas reais de crescer, conforme a realidade mercadológica. Ao integrar sistemas de análise de dados o ambiente laboral se transforma digitalmente. Essas aplicações são responsáveis por prever tendências e adequar os objetivos estratégicos.

A leitura especializada aponta para 3 tipos de Business Analytics: descritiva, preditiva e prescritiva.

Business Analytics descritiva

Para compreender o cenário atual de uma corporação, a análise descritiva rastreia os principais indicadores de desempenho escolhidos por gestores.

Business Analytics preditiva

Para entender a previsibilidade de resultados das estratégias comerciais, o gestor aplica essa análise com a finalidade de encontrar tendências nos dados.

Business Analytics prescritiva

Avalia todo o histórico produtivo e recomenda ações que visam preparar a organização, para não enfrentar adversidades com situações futuras.

Como implementar soluções de Business Analytics?

Tem dúvidas sobre como Business Analytics pode ser uma realidade no ambiente laboral? Então acompanhe os 7 passos necessários para essa implementação:

1 — Levantar as demandas corporativas

Identifique os problemas ou processos para resolver. Verifique se os dados disponíveis são suficientes para responder às questões produtivas.

Como saber quais dados são relevantes? Isso quem decide é a equipe que vivencia o lado operacional diariamente.

2 — Analisar as informações

Após uma higienização dos dados disponibilizados, a gerência procura por padrões para visualizar um caminho estratégico.

3 — Aplicar metodologia

Aplicação de métodos analíticos quantitativos e qualitativos para mapear as variações de fatores decisivos. São previsões simples e rápidas reveladas com a análise de regressão, um método estatístico que permite examinar a relação de duas ou mais variáveis.

4 — Prever resultados

Esse é o momento de usar técnicas preditivas para a modelação dos dados e identificar insights. Por exemplo:

  • árvores de decisão;
  • redes neurais;
  • regressão no setor logístico.

5 — Encontrar o melhor trajeto

Para criar cenários hipotéticos aplique os resultados depois da análise de variáveis. A administração define metas prevendo as limitações operacionais. O trajeto perfeito é aquele com poucas chances de erros em conformidade com os objetivos da empresa, contratos de clientes e legislação.

6 — Hora de deliberar

Ao considerar as previsões de cenários e os dados transformados em informações aplicáveis, o gestor consegue tomar decisões seguras. Não esqueça de aplicar tecnologias para monitorar o desempenho das novas medidas estratégicas.

7 — Formar parcerias

Para obter efetividade em toda a jornada Business Analytics, procure contar com profissionais capacitados nos processos de BA, para realmente aproveitar o investimento.

Contratar especialistas vale a pena. Isso porque o ROI de Business Analytics acontece rapidamente em virtude dos ganhos imediatos de produção, economia e lucratividade.

Conclusão

Estamos em épocas de ascensão do valor dos dados corporativos. Portanto, para agregar competitividade é útil entender a empresa, os clientes e o mercado.

Nesse âmbito, o Business Analytics é fundamental para estruturar os processos avaliativos e otimizar a efetividade das deliberações. BA serve para alcançar ótimos resultados com rapidez e menos despesas.

Gostou do artigo? Siga a SGA nas redes sociais para acompanhar novidades: Facebook, Linkedin, Instagram e Youtube.

Armindo Sgorlon

Armindo Sgorlon

CEO SGA TI em Nuvem

Inscreva-se em nossa newsletter!

Acesse em primeira mão, nossos principais posts e conteúdo no seu e-mail.

Posts Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate

Logística

Gestão de depósitos e silos

Posição física e financeira, em tempo real, de todo o estoque de grãos.

Análises por grãos, clientes, moedas e unidades de recebimento.  

Otimização da logística interna.  

Melhor eficiência administrativa do silo e armazém.

Soluções

Roteirização Inteligente

Evite a perda de produtos ocasionada pelo acondicionamento incorreto em transportes de longas distâncias.

Defina a rota mais viável

Conte com assistência de recomendação das melhores rotas de contorno para o condutor.

Previsão de demanda

Simule cenários de produção, antecipa a demanda produtiva e realize ajustes na operação com base em insights extraídos dos dados.

Automação de processos

Reduzo riscos e aumente a produtividade automatizando fluxos de automação de processos que demandam pouco ou nenhuma tomada de decisão.

SGA Bot

Conte com informações detalhadas da operação na palma de suas mãos por meio de um assistente inteligente.

Interessado?